13 livros para ler em 2013 – Parte 1

   Recentemente eu descobri uma coisa muito legal no youtube: vlogs de livros! São canais dedicados inteiramente a resenhas de livros e outros assuntos relacionados a eles. Isso fez com que eu entrasse em contato com muitos livros legais que eu não conhecia. Então, resolvi compartilhar com vocês uma lista dos 13 livros que eu fiquei com vontade de ler e que, portanto, estão na minha lista de leitura deste ano. Vale notar que não estão em ordem nenhuma, fui escrevendo conforme me lembrava, e séries e trilogias contam apenas como um, hahaha! Dividi o post em duas partes pra não ficar tão longo.
 

Alasca 1) Quem é você, Alasca? – John Green

   Acho que o John Green ficou mais conhecido pelo livro “A Culpa é das Estrelas” que parece que tá fazendo sucesso por aí, mas eu me interessei mesmo por esse outro.

   “Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras – e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o ‘Grande Talvez’. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, engraçada, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao Grande Talvez.” (fonte: Livraria Cultura)
 

2) A Crônica do Matador do Rei (O Nome do Vento e O Temor do Sábio) – Patrick Rothfuss

nomedovento
   Não pude me conter e já comprei os dois livros no Submarino, numa “promoção” que achei mais em conta, já que nos outros lugares cada livro custa um rim, como sempre. Tô esperando chegar! (Obs: a série não termina aí, mas não encontrei nenhuma previsão de quando sai o terceiro livro)

   “Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O Nome do Vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano – os lendários demônios que assassinaram sua família no passado.” (fonte: Livraria Saraiva)
 

cira 3) Cira e o Velho – Walter Tierno

    Esse é o mais esquisito de todos da lista. Nunca tinha ouvido falar, mas muitos dos vlogs que vi citavam esse livro como um de seus favoritos, aí me interessei. Espero que sejam opiniões verdadeiras e não compradas, hahaha!

    “Cobra Norato é um amante da vida. Pelas margens dos rios, espalhou paixões, filhos e filhas. Uma delas é Cira, que nasceu do ventre da bruxa Guaracy. Sua alegria de viver é tão intensa quanto seu ódio pelo homem que a deixou para morrer – o Velho. Domingos Jorge Velho é um caçador de homens. Ele toma a liberdade dos índios e a entrega aos brancos de além-mar. É um guerreiro, sem outra fé além do ouro e da propriedade. Cira caminha pelo país que surge, perseguindo o rastro de Domingos. Em Palmares, os inimigos se enfrentarão e, nessa guerra, se descobrirá quem é o proprietário do novo mundo.” (fonte: Livraria Cultura)
 

heminglivro14 4) O Velho e o Mar – Ernest Hemingway

    Mais um clássico norte-americano que eu tenho muita vontade de ler. Toda vez que penso no Hemingway lembro de “Meia-noite em Paris” do Woody Allen, hahaha, não consigo evitar.

    “A história de Santiago, um velho pescador que não apanhava um único peixe há 84 dias, é contada através dos sentimentos, dos pensamentos e dos sonhos que este pescador constrói com a solidão do alto-mar.” (fonte: Livraria Saraiva)
 

marmorto 5) Mar Morto – Jorge Amado

    Na verdade queria ler “Capitães da Areia” porque desde que entrou pra lista do vestibular eu acho que o Brasil inteiro leu menos eu (o que tá bem longe de ser verdade, mãs…). Como não achei o livro na casa de ninguém da minha família apesar de ter certeza que ele existe, pedi pra minha irmã me emprestar um livro do Jorge Amado que ela gostasse bastante e acabei com “Mar Morto” em mãos.

    “Nenhum outro livro sintetizou tão bem quanto Mar morto o mundo pulsante do cais de Salvador, com a rica mitologia em torno de Iemanjá, a rainha do mar. Personagens como o jovem mestre de saveiro Guma parecem prisioneiros de um destino traçado há muitas gerações: o dos homens que saem para o mar e que um dia serão levados por Iemanjá, deixando mulher e filhos a esperar, resignados. Mas nesse mundo aparentemente parado no tempo há forças transformadoras em gestação. O médico Rodrigo e a professora Dulce, não por acaso dois forasteiros, procuram despertar a consciência da gente do cais contra o marasmo e a opressão.” (fonte: Livraria Saraiva)
 

6) Trilogia Millenium (Os Homens que não Amavam as Mulheres, A Menina que Brincava com Fogo e A Rainha do Castelo de Ar) – Stieg Larsson

millenium    Todo mundo tava comentando desses livros na época em que saiu o filme, né? Por enquanto só ouvi críticas boas. Eu vi a versão americana e gostei bastante, ainda pretendo ver a versão sueca depois de ler os livros. Segue a sinopse do primeiro livro:

   “Os Homens que Não Amavam as Mulheres é um enigma a portas fechadas – passa-se na circunvizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada – o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada.” (fonte: Submarino)
 

oliver 7) Oliver Twist – Charles Dickens

   Esse é mais um que tá na fila de leitura faz tempo. Já até encontrei um exemplar beeeem velhinho aqui em casa pra eu ler. O que eu ouvi nos vlogs é que “David Copperfield” do Charles Dickens é muito legal, mas eu quero ler “Oliver Twist” antes e pronto!

   “Um maravilhoso conto de Dickens que encantou gerações de crianças e adultos com as façanhas de Oliver na Inglaterra vitoriana. Ficando órfão ao nascer, é trazido a um orfanato de onde foge para Londres aos nove anos e cai nas mãos do vilão Fagin e sua gangue. Parece condenado viver no crime até que inesperados acontecimentos o levam a reencontrar sua família e a sua verdadeira identidade.” (fonte: Submarino)
 

dostolivro13 8) Crime e Castigo – Fiódor Dostoiévski

   Um dos escritores favoritos do meu namorado e eu nunca li nada, que vergonha. Sei que não vai ser uma leitura leve, mas vou pegar emprestado assim que puder e ler quando achar melhor, hehehe. Vale ressaltar que essa edição da imagem é traduzida diretamente do original russo, as outras são traduções das traduções em francês, se não me engano, e muita coisa acaba se perdendo, então recomento que leiam essa.

   “Um dos maiores romances de todos os tempos, narra a história do estudante Raskólnikov, que, vendo-se na miséria, assassina uma velha usurária e não consegue livrar-se do peso do remorso.” (fonte: Livraria Saraiva)
 

   Quem estiver interessado em ver a resenha de algum dos livros, vale procurar nos canais abaixo, que são os que mais tenho visto:

* Vevs Valadares
* Mariana Gastal
* LidoLendo
* Tiny Little Things
* Cabine Literária

Anúncios

4 comentários sobre “13 livros para ler em 2013 – Parte 1

  1. Gostei muito da lista! Também fiquei curioso sobre “Os homens que não amavam as mulheres”.

    Extremamente pertinente a observação sobre “Crime e Castigo”; =)

  2. Haha, não achei que você iria incluir clássicos. 😀

    Tenho Crime e Castigo traduzido do francês, mas ainda assim valeu a leitura.

    Posso tentar te acompanhar com Oliver Twist!

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s