13 livros que li em 2013 – Parte 2

    Chegou a parte 2, com o resto dos 13 livros que eu realmente li em 2013, apesar da minha lista! Se quiser ver a lista: parte 1 e parte 2. Se não souber do que eu to falando, clica aqui pra ver a primeira metade desse post. E vamos ao que interessa:

hobbitlivro6 O Hobbit – J.R.R. Tolkien (!)

    Consegui ler “O Hobbit” antes do segundo filme sair! \o/ O que foi essencial na minha percepção de que esse segundo filme é uma péssima adaptação. Péssima. O livro é super divertido, facinho de ler (afinal é pra criança) e uma bela introdução ao mundo de Tolkien, creio eu. É super curtinho também, dá pra ler rapidão. Recomendo.

Alasca Quem é Você, Alasca? – John Green (!)

    Foi então que John Green estourou e todos os livros deles começaram a sair aqui no Brasil. Ouvi muita gente falando bem desse livro (melhor que de “A Culpa é das Estrelas”, muitas vezes) e fui com uma mega expectativa. Talvez por isso tenha me decepcionado um pouco, não sei. O livro não é chato, mas eu achei meio sem propósito, sabe? Não me levou de lugar nenhum a lugar nenhum. O que eu gostei mesmo foi da Alasca (é, Alasca é uma menina). Ela é uma personagem feminina muito forte e super legal, do tipo que não se vê por aí nunca (mas deveria).

13livros5 O Mágico de Oz – L. Frank Baum

    Quando eu fui viajar no meio do ano, não queria ficar carregando livro, então levei meu kindle e acabei lendo o que eu tinha lá mesmo. E, no caso, foi “O Mágico de Oz”. Também é um livro infantil, então é super curto e fácil de ler, acaba num piscar de olhos. E é bastante envolvente, você fica querendo saber o que vai acontecer em seguida.

   
Trilogia Fronteiras do Universo (A Bússola de Ouro, A Faca Sutil e A Luneta Âmbar) – Philip Pullman (!)

13livros8     Comprei toda a trilogia em Londres, durante a minha viagem, e foi super baratinho, mas no que a gente chama de “edição econômica”, então pra estraga é fácil, fácil. Eu gostei muito até certo ponto. É um livro de fantasia e a criatividade do Philip Pullman é inegável, ele criou um universo incrível nesses livros. Além disso, trata de temas bastante polêmicos, fala sobre Deus e religião, tem sempre criança morredo e sendo torturada e tem anjos claramente homossexuais, então tenho certeza de que só colocaram esses livros na seção de infanto-juvenil porque não leram, hahaha! Aliás, não estou critiacando nada disso, achei demais. O que estraga tudo é o terceiro livro. Em vez de colocar pingos nos i’s e cortar os t’s, ele enche ainda mais de coisa e tudo termina de uma maneira bastante insatisfatória. Pena.

marmorto Mar Morto – Jorge Amado (!)

    Esse foi indicação da minha irmã, que adora Jorge Amado. Saindo um pouco desse mundo de fantasia e YA e mergulhando no extremo oposto. O livro tem uma abordagem realista e é escrito numa espécie de prosa-poética, lindo de viver. Conta a história de Guma, um mestre de saveiro, ao mesmo tempo que nos mostra a realidade dos cais da Bahia, a vida sofrida e miserável, a influência do candomblé e como “é doce morrer no mar”. É um livro lento, mas a leitura é fácil e é um banho de cultura nacional.

13livros6 Cem Anos de Solidão – Gabriel García Márquez

    Ainda não terminei, mas tô quase lá. É um livro de realismo fantástico, coisa que eu nunca tinha lido antes, mas que achei sensacional. É muito divertido, acontecem umas coisas absurdas o tempo todo, mas que são tratadas como absolutamente corriqueiras. Por mim, o livro poderia ser um pouco mais curto, sem perder o valor, mas, afinal, são CEM ANOS de solidão, não é mesmo? Recomendo muito também.

13livros7 Os Pilares da Terra – Ken Follett

    Também comprei na minha viagem, no mesmo esquema da trilogia Fronteiras do Universo. Comecei a ler no finalzinho do ano e ainda vai demorar pra eu terminar, o livro é enorme. Ouvi coisas boas sobre ele há muito tempo e só fui ler agora. Segundo a wiki, é um romance britânico de ficção histórica, não sei se já li algo nessa linha. Parece que teve um seriado baseado no livro também, se eu gostar, certamente vou assistir.

    Agora preciso decidir o que ler em 2014, mas com certeza os livros da lista de 2013 que eu deixei pra lá continuam valendo esse ano! Quem sabe, né?

Anúncios

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s