1

Warner Bros. Studio Tour: Harry Potter

HP2

    Uma das partes mais legais da viagem à Londres e que eu acho importante compartilhar com vocês, caso vocês decidam ir pra Londres e não saibam da existência disso, foi o Warner Bros. Studio Tour: The Making of Harry Potter!

HP3

Salão Principal de Hogwarts e uniformes das casas (Sonserina).

   

HP1

Mesa dos professores no Salão Principal e alguns figurinos (pontuação das casas ao fundo).

   

HP4

Salão Principal de Hogwarts.

   
    Prestem atenção: não é um parque! Esse tá lá na Disney, sinto muito. Mas é tão legal quanto! É basicamente um tour por dentro do filme, tem vários figurinos, cenários, objetos usados, vídeos explicativos de como algumas cenas foram filmadas, uma seção fantáaastica sobre os efeitos especiais e criaturas e um modelo enorme e incrível de Hogwarts.

HP5

1 – Traje de gala do Rony; 2 – Trajes de gala da Hermione, Krum, Harry e Cho Chang; 3 – Uniformes de quadribol.

   

HP6

Decoração do Baile de Inverno.

   

HP7

1 – Perucas dos Malfoy; 2 – Figurino da Luna; 3 – Uniforme da Beauxbatons; 4 – Níveis de desgaste das roupas do Harry.

   
    Se você curte Harry Potter (e de preferência viu os filmes, né) ou curte cinema em geral, com certeza vai adorar! Coloquei muitas e muitas fotos nesse post pra mostrar pra vocês um pouco de cada coisa que tem por lá. Deve levar umas duas horas, em média, pra ver tudo e pode fotografar à vontade!

HP8

Cama do Rony no dormitório da Grifinória.

   

HP10-11-b

1 – Taça e Ovo Dourando do Torneio Tribruxo; 2 – Diário de Tom Riddle, presa do basilisco e medalhão de Salazar Slytherin (taça de Helga Hufflepuff ao fundo); 3 – Capa da invisibilidade com seu forro de tela verde; 4 – Lembrol, pomo de ouro, vira-tempo e desiluminador; 5 – Diadema de Ravenclaw.

   

HP9

Sala comunal da Grifinória e figurinos da Hermione, Harry e Rony.

   
   Chegar lá é super fácil, pelo menos de trem, que foi o que fizemos. É só pegar um trem pra “Watford Junction”, que sai da estação Euston de tantos em tantos minutos, então não tem dor de cabeça. A viagem é curtinha, não dá meia hora. Chegando lá, tem um ônibus do próprio estúdio que te leva da estação até o tour e sai de 15 em 15 minutos, mais ou menos. No site deles tem tudo isso explicado e também como chegar por outros meios, o link está no final do post.

HP18-22-b

1 – Carro voador; 2 – Pelúcia do Perebas faltando um dedinho (!!!); 3, 4 e 5 – Modelo de Dobby absurdamente perfeito.

   

HP14

A Toca com o relógio sensacional da Sra. Weasley e figurinos da Gina, Fred e George.

   

HP17-b

1 – Figurinos “do mal”; 2 – Suco de abóbora e feijõezinhos de todos os sabores; 3 – Figurino da Umbridge; 4 – Draco, Hermione e George de cera.

   

Rua dos Alfeneiros, n° 4.

Rua dos Alfeneiros, n° 4.

   
    A parte importante aqui é sobre os ingressos. Você precisa comprar pela internet, não são vendidos ingressos lá na hora. Além disso, comprem com antecedência, principalmente se for alta temporada ou final de semana. Os ingressos tem dia e horário marcados e esgotam mesmo, nós deixamos mais pra última hora e quase não conseguimos ir. Depois não digam que eu não avisei…

HP12-13-b

1 – Sala de aula de Poções com Prof. Snape no cantinho; 2 – Professor Slughorn; 3 – Vassoura do Olho-Tonto Moody; 4 – Moto do Hagrid.

   

HP20

O beco diagonal com Gemialidades Weasley ao fundo.

   

HP15-16-b

1 – Trabalhos incríveis de design de embalagens, livros, revistas, anúncios, jornais, etc. Destaque para a revista “O Pasquim” e para o Mapa do Maroto; 2 – Carta de Hogwarts do Harry; 3 – Cerveja amanteigada; 4 – Nôitibus Andante.

   
    O ingresso individual para adultos custa 30 libras. O preço é bem salgado, mas se você gosta de Harry Potter vale muito a pena. Além disso, o preço é salgado em quase todas as coisas em Londres… A lojinha no final do passeio também é sensacional, mas pesa bastante no bolso. Nós compramos feijõezinhos de todos os sabores, que renderam muitas risadas. Eu mesma só comprei um vira-tempo de chaveiro pra minha coleção e uma varinha do Sirius Black que foi bem cara (que vergonha, gente), mas não pude resistir. Tem varinhas de todos os personagens pra vender, réplicas das que aparecem nos filmes e tem umas muito legais! Comprei a do Sirius pq foi a que calhou de combinar varinha bonita + personagem que eu gosto. Preparem-se pra sofrer na lojinha, viu…

HP21

Modelo gigantesco de Hogwarts, escala 1:24.

   

HP19

1 – Voldie; 2 – Dragão Rabo-Córneo Húngaro; 3 – Fawkes; 4 – Duendes de Gringotes; 5 – Bicuço; 6 – Mandrágora.

   

HP23

Varinha do Sirius Black que eu comprei. “Fragile collectible wand. Not a toy.” (yeah, right).

   
    Para mais informações sobre o passeio (ou pra comprar os ingressos), é só visitar o site oficial: http://www.wbstudiotour.co.uk/

HP

3

Minha Viagem pra Europa: Dicas e Curiosidades

   Nessas férias de julho eu fiz uma viagem para a Europa, mais especificamente (e nessa ordem) para São Petersburgo (Rússia), Tallinn (Estônia), Estocolmo (Suécia), Oslo e Flam (Noruega), Copenhague (Dinamarca), Brighton e Londres (Inglaterra). Como não tô com muita paciência (e já esqueci muita coisa) de escrever posts específicos, resolvi fazer um apanhado de dicas e curiosidades interessantes que observei nas minhas andanças. Sempre que possível, coloco minhas fotos pra ilustrar.
Obs: quando falo em Escandinávia, me refiro à Suécia, Noruega e Dinamarca.

* As russas são quase todas altas, magras, loiras, tem pernas bonitas e andam bem arrumadas. Não se pode dizer o mesmo dos homens.
* Os russos vão esbarrar em você muito forte e não vão nem olhar pra trás.
* Os ingleses também vão esbarrar em você, mas vão pedir desculpa.
* Em São Petersburgo, o “ticket” do metrô é uma moedinha!

europa2

* Os homens dessa parte da Europa gostam de andar com camiseta listrada e bermuda xadrez igual aos brasileiros. Sad but true.
* A moda pra homens (principalmente na Rússia) consiste em bermudinhas mais curtas com a barra dobrada. Outra coisa que eles estão usando muito é meia puxada pra cima. Aliás:
* Os europeus podem se vestir com muito mais liberdade sem sofrer preconceito (beijo, Brasil).
* Vi muitas meninas na escandinávia de legging de cintura alta e cropped top. Achei bem terrível, hahaha!
* Na Estônia, “Meu Malvado Favorito” é “Mina Supervaras” e na Rússia, “Wolverine” é “Pocomaxa”, hahahaha!

europa21

* Ninguém na Rússia fala inglês, nem os jovens, nem ninguém mesmo.
* Todo mundo na Escandinávia e na Estônia fala inglês, todo mundo. E um inglês muito bom, inclusive.
* Na Inglaterra todo mundo fala inglês fluente. (ha ha ha, que piada engraçada… só que não)
* Peterhof (Rússia) é um plágio de Versalhes. Mas um plágio muito bom, hahaha.

europa3

* As pessoas são muito simpáticas na Estônia e na Escandinávia. Já na Rússia…
* As pessoas não ficam o tempo todo mexendo no celular.
* Muitas vezes você vai ter que pagar pra usar o banheiro.
* Na Estônia também tem Coca-Cola com nome!

europa22

* Tem muito turista em todo lugar (alta temporada, né), mas em Londres chegava a incomodar a quantidade absurda de gente em todos os lugares.
* Em compensação, em Oslo SÓ tinha turista, os moradores simplesmente não existiam. Parecia uma cidade fantasma de tão vazia.
* Tem muito turista chinês. Muito. Assustadoramente muito.
* Tem brasileiros em todo lugar. Mas tem muito mais em Londres.
* iPad não é câmera fotográfica. Fica a dica.
* Esses europeus gostam de plantar marshmallows gigantes. (Ainda não descobri que diabos é isso, se alguém souber, me avise!)

europa7

* Peguei um calor de quase 30 graus na Rússia e na Escandinávia enquanto no Brasil todo mundo morria de frio (he he he, doce ironia).
* Eles comem tudo com pouquíssimo sal.
* E a saladinha do seu prato vai vir sem tempero, sem molho e não vai ter nada na mesa pra você colocar.
* As bedidas vem sem gelo e muitas vezes no copo, sem a latinha ou a garrafinha.
* Apesar de não anoitecer (ou anoitecer muito tarde e por pouco tempo) muitos dos hotéis em que nos hospedamos não tinham cortina que tampasse a luz. Na foto: meia noite em São Petersburgo.

europa8

* A galera de São Petersburgo aproveita muito o verão. 23h da noite e as ruas estão lotadas de gente, mesmo em dias de semana.
* Eles também aproveitam muito o Sol. Qualquer beira de rio ou parque serve de praia.

europa1

* O cheiro das pessoas nessa época do ano não é dos melhores, sabe como é, hahaha.
* O metrô de São Petersburgo é muito, muito fundo.
* É bem fácil aprender a ler o alfabeto cirílico. Mas isso não quer dizer que você vai saber o que tá escrito, hahaha. Algumas vezes você dá sorte e a palavra é parecida com o português. Você também vai saber ler seu nome, e isso é bom caso alguém queira te dar o documento da Anastasia Popova em vez do seu. True story.
* Em russo, “entrada” e “saída” são palavras muito parecidas.

europa20

* Fomos de carro de Oslo até o passeio de barco nos fiordes e, apesar de cansativo, foi uma das melhores coisas. As paisagens são fan-tás-ti-cas. Nível Senhor dos Anéis.

europa19

* Na Noruega tem muitos rios de degelo e a água é extremamente transparente, fria e tem um tom azulado muito bonito. Além de proporcionar muitas cachoeiras espalhadas por aí.

europa9

* Na Noruega tem muitas casas com grama no telhado!

europa10

* Usina eólica no meio do mar, vista do avião (entre Dinamarca e Inglaterra). Ou plantação marítima de cataventos, pode ser também.

europa11

* Uma coisa legal sobre a escandinávia: vikings!!!
* Você não sente uma energia especial mágica transcendental quando visita o Stone Henge. Não.

europa15

* Brighton é conhecida como a capital gay da Inglaterra.
* O píer de Brighton é basicamente um cassino misturado com um mini parque de diversões.

europa14

* Em Brighton tem um palácio no melhor estilo Taj Mahal que eu simplesmente não compreendo (Royal Pavilion).

europa13

* Todo mundo confia em todo mundo. Segundo a minha irmã, eles confiam em excesso, hahaha.
* Encontramos uma brasileira em Tallinn. Ela tinha acabado de ter a bolsa furtada. Pois é! A ironia mandando beijo de novo.
* Existem flores azuis, sim!
* Tem bar de gelo em todos os países da escandinávia, é caro e você fica pouco tempo, mas é tão legal, hahaha!

europa6

* Os preços não são nada convidativos, em nenhum desses lugares. Londres, por exemplo, tem tanta coisa legal pra ver que você vai ter que deixar pra lá pq cada entrada custa um rim. E você só pode vender um, afinal de contas.
* O único tempo ruim mesmo, frio e com chuva, que pegamos foi no dia do passeio de barco pelos fiordes e no dia de Brighton, que é praia. É, pois é… Mas ambos renderam boas fotos mesmo assim.

europa18

* Vocês sabiam que trolls na verdade são criaturas do folclore escandinavo?
* Em muitos países da Europa você encontra uns “museus à céu aberto” que são como uma reconstrução de cenários típicos de lá. Muitas vezes vai ser bem chato, hahaha.
* Nós almoçamos num restaurante italiano em Londres em que o chef era brasileiro, mas tinha morado grande parte da sua vida no Japão. Foi um dos melhores restaurantes ever.
* Fomos parar sem querer no castelo de Arundel, nos arredores de Londres e, olha, tem o jardim mais fantástico que eu já vi.

europa16

* Tome suco de maçã!
* O pintor Edvard Munch é norueguês e, se você quiser ver “O Grito” de perto, é lá em Oslo que você deve procurar.
* Não, em Copenhague não tem um monte de chocolate, chega dessa piada!
* É comum beber água da torneira.
* Estocolmo se orgulha muito de sua água limpa. Quer nadar e pescar no meio da cidade? Fica à vontade!
* Tallinn abraça sua “medievalidade” como nenhum outro lugar que eu conheci. Se você gosta dessas coisas, vai adorar passear por lá.

europa4

* Na Noruega tem uma loja de coisas nerds chamada Outland que é a perfeição. Sério. Sério. Sério. Saí chorando pq queria tudo e não comprei nada… snif… Em Londres tem a Forbidden Planet que também é fantástica (mas não é a perfeição, sorry).
* Compre jogos de videogame em Londres. Não é barato como nos EUA, mas é ridiculamente barato comparado com o Brasil. E você sempre pode comprar jogos usados, fica a dica.
* Se você tá bem de inglês, compre livros também. Eles são quase todos o que nós chamamos de “edição econômica” por aqui, bem furreca, mas certamente vão custar uns 20 reais. Livro no Brasil é muito caro. Comprei uma trilogia pelo preço de um, praticamente.
* Em Estocolmo tem um navio “desafundado” (Vasa Museet) do século XVII que é sensacional! O negócio é tão grande que é impossível de caber em foto.

europa5

* Indo de Oslo pra Flam (onde fizemos o passeio pelos fiordes), nós passamos por um túnel de 25km.
* Aliás, fomos de carro da Suécia para a Noruega por estradas impecáveis e não pagamos pedágio nenhum. Nem em qualquer outra parte da viagem.
* O tour “The Making of Harry Potter” pelos estúdios da Warner nos arredores de Londres é muito legaaaal! Mas tem que comprar pela internet e com antecedência. Depois não diga que eu não avisei.

europa17

* Falando em Harry Potter, se você quiser tirar uma foto na plataforma 9 3/4, prepare-se para uma boa fila.
* A comida em Londres tinha preços muito parecidos. Desde o buffet da Pizza Hut, passando por fish and chips, até um prato num restaurante.
* Se você estiver perdido ou com alguma dúvida, pergunte num 7eleven, eles resolvem tudo. É sério!
* Não vi nenhum souvenir do bebê real mesmo ele tendo acabado de nascer. Confuso.
* Quando não valer a pena pegar um ônibus “Hop On, Hop Off”, finja interesse só pra pegar o mapa. Ajuda bastante saber onde estão os principais pontos turísticos sem precisar procurar. 😉
* Tem algumas moedas na Inglaterra que, juntas, formam um brasão! Boa sorte pra encontrar todas, hahaha!

europa12

* Tem uma loja de departamento em Londres chamada Primark que vende roupas e acessórios a preço de banana. Isso quer dizer que ela tá sempre cheia e, portanto, a fila do provador é imeeensa. O que as pessoas fazem, então, é ir de vestido pra poder provar as calças sem precisar entrar no provador. Mas isso é o de menos, cheguei a ver uma menina trocando de blusa lá no meio da loja mesmo, só de sutiã, “escondida” atrás das araras.
* Em Londres, coma fish and chips do lado da Tower of London, onde saem os passeios de barco. É muito bom e tem um preço bem razoável.
* Notting Hill (arredores de Londres) tava mais cheio que a 25 de março e isso não é uma piada.
* O tradicional café da manhã inglês é terríveeeeeeel! OMG! Tem salsicha, feijão, ovos mexidos, bacon, cogumelos, tomate…
* Os principais museus de Londres tem entrada gratuita pras exposições permanentes, então não deixe pro final de semana se não quiser pegar uma fila gigantesca.

   Eu sei que isso não vai ajudar muito quem estiver planejando uma viagem, mas espero que tenha dado pra se divertir e descobrir coisas novas. Vale notar que algumas coisas foram observações pessoais e, portanto, subjetivas.
   Sem dúvida essa é uma viagem que eu recomendo!

PS: Agradecimentos especiais ao meu cunhado e ao meu pai pelas fotos em que eu apareço e, portanto, não tirei, hahaha!

2

Dica de Viagem – Sacolas à Vácuo

    Na última viagem que eu fiz, me preparei pra enfrentar frio e chuva, então precisei viajar com blusas de frio, casacos e cachecol. Porém, ia viajar de Low Cost e só poderia carregar uma mala de mão. E aí? Como levar roupa de frio suficiente pra mais de uma semana de viagem numa mala de mão, se esse tipo de roupa ocupa tanto espaço? É aí que entra a minha dica: sacolas à vácuo! São sacos de plástico transparente resistente, de diversos tamanhos, em que você coloca suas roupas dobradinhas e em seguida tira todo o ar, isso faz com que o tamanho diminua em até três vezes, principalmente para roupas de frio que são mais “fofinhas”.

Minha Vac Bag tamanho médio e a bomba.

Minha Vac Bag tamanho médio e a bomba.


COMO FUNCIONA?

    Não é nada muito elaborado, as sacolas tem um fecho muito bom que não deixa o ar passar e tem uma “válvula” que você abre pra retirar o ar e depois fecha pra que ele não entre de volta. O mais comum é retirar o ar de dentro usando um aspirador de pó, o que é também a maneira mais eficiente.
    Quando vamos viajar não temos aspiradores de pó à nossa disposição, então temos que apelar para outros métodos. O primeiro deles são as Trip Bags. É basicamente a mesma coisa mas em vez de retirar o ar com o aspirador, vc retira com as mãos mesmo, apertando ou enrolando. No lugar da válvula, a Trip Bag possui buraquinhos por onde o ar sai. Eu não testei essa, então não posso dizer se tem a mesma eficiência que as Vac Bags normais, mas eu acredito que não fique tão bom e amasse mais. O segundo método é o que eu utilizei na minha viagem e funcionou super bem: comprar uma bomba para retirar o ar. É só um cilindro não muito grande, como uma bomba de encher bola, que você pode usar no lugar do aspirador. Exige um pouco de trabalho braçal e demora mais, mas funciona.

Como ficam as roupas numa sacola de tamanho médio.

Como ficam as roupas numa sacola de tamanho médio.


DICA: Se for usar a bomba, eu recomendo que você tire o máximo de ar possível do saco antes de usá-la. É só dar uma boa apertada, sentar em cima, sei lá. Quanto mais ar tiver lá dentro quando você começar a bombear, mais trabalho vai dar e mais chato vai ser.

    A marca que eu usei, como já citei acima, foi a Vac Bag da Ordene, dá pra comprar pela internet na Conforto Online (que tá em promoção), eles vendem também a versão Trip Bag e a bomba. Eu não comprei as minhas no site, comprei numa daquelas lojas Multicoisas.

AVISO: Cada embalagem vem com apenas uma sacola, então não é dos produtos mais baratos, porém as sacolas são reutilizáveis. Além disso, prestem bastante atenção nos tamanhos, pois algumas servem pra guardar edredom e outras coisas do tipo e são gigantes! Eu comprei o tamanho médio e cabem dois montinhos de camisetas dobrados, pra vocês terem alguma noção. Eu acho que esse tamanho é o ideal para ir viajar e ocupava exatamente o tamanho da minha mala de mão, mas, na dúvida, é melhor conferir as dimensões que vem escritas na embalagem.

Antes e depois com moletons, blusas de lã e outras roupas de frio.

Antes e depois com moletons, blusas de lã e outras roupas de frio.


OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

* Eu estou falando sobre o uso das Vac Bags em viagens porque foi o meu caso, mas elas servem pra outras coisas também, como guardar as coisas de inverno no armário sem ocupar espaço quando for verão e etc.
* Elas só serão de alguma utilidade na sua viagem se você tiver restrição de espaço. Se você vai se deslocar muito, eu aconselho pensar bem no que vai colocar em cada saco pra não ter que ficar abrindo todos e fechando toda vez.
* Se você vai viajar pra um lugar quente, não faz muito sentido usar por dois motivos: O primeiro é que roupa de verão ocupa pouquíssimo espaço, então provavelmente não vai haver necessidade; o segundo é que você vai retirar apenas o ar, então guardar camisetinhas e shorts jeans não vai servir pra quase nada, enquanto guardar casacos de lã e moletons faz muita diferença no tamanho que eles vão ocupar na sua mala.
* As roupas não vão amassar? Eu não tive esse problema, mas roupas de frio não costumam amassar muito, né. Se alguma coisa amassava era bem pouco. Mas é claro que é importante que você coloque as roupas no saco dobradinhas e retinhas.

    Eu achei um vídeo muito bom e super rapidinho no youtube pra vocês verem como funciona, é só clicar aqui. Espero que seja uma dica útil!